Quirguistão

Apesar de ser um país bem pequeno e simples, o Quirguistão dá um show de belezas naturais e se fará um dos seus lugares favoritos! Além de ter relevo especial para quem gosta de trekking, o país oferece uma experiência de 360º pelo que há de melhor na Ásia Central!

Quirguistão: Uma simplicidade que apaixona

De tradição nômade, os quirguizes compartilham de uma cultura singular e as cidades mais indicadas para um bom tour são Bishkek, Karakol e Osh. Apesar de Bishkek não ter muitos lugares históricos, tem uma grande coleção de monumentos que são símbolos da memória nacional. O período soviético está muito presente no modelo de arquitetura dos edifícios, como o antigo prédio do Parlamento com suas longas colunas brancas, e na organização das cidades, de praças enormes e avenidas largas. Porém, a Opera House foge do lugar comum, bem como o Museu Histórico do Quirguistão, um cubo de mármore cercado por lindas fontes.

 

Programe-se | No inverno (de dezembro a janeiro) as temperaturas costumam chegar a -20ºC. Já na temporada que vai de junho a agosto, as temperaturas ficam na casa dos 30ºC. Se você não curte esses picos, o ideal é que vá nos meses intermediários.  

 

Experimente | Depois das caminhadas pelos monumentos de Bishkek, vá até Osh Bazaar. É incrível a variedade de mercados, uma tradição do país pelo passado na rota mercantil. É muito provável que encontre ali preços mais simpáticos que em outros locais. Aproveite para experimentar as tradicionais bebidas fermentadas de milho, trigo ou leite de égua. Entre os pratos típicos, e muito saborosos, estão kattama (pão folhado), boorsoks (tipo de pão frito), nanty, besh, barmak e kurdak, estes feitos com carnes, arroz, massa ou batata. Um espetáculo!

 

Coloque na rota | São muitos os tributos construídos em memória dos que lutaram nas guerras, além de ícones que representam a cultura nacional. Confira alguns dos mais importantes em Victoria Square, Ala Too e Oak Park.

Roteiros Sugeridos